AABB Recife

Siga-nos!

informativos

PRÓXIMOS EVENTOS

Preparador Físico e Fisioterapeuta!

Preparador Físico e Fisioterapeuta!

O departamento esportivo da AABB Recife está disponibilizando para o associado praticante de futebol (peladas dos aposentados e demais categorias) um programa de preparação física e prevenção de lesões, específico para futebol, ministrado pelo professor Guilherme Ferreira, Preparador Físico e Fisioterapeuta. Se liga na horário: segundas e quartas-feiras, às 18h, no campo society do clube.

Noticias

Canto do Poeta | Célio Pereira da Silva

| Fonte:Clécio Pereira da Silva

``É um poema cuja pintura, à DALI, é meio SURREALISTA, de alguém com visão abstrata e inconsistências múltiplas´´.

Janeiro chorava lívido como
O boi errante na hora da morte.
O boi errante chorava a partida
Inesperada da consciência humana.
Em janeiro o pranto é triste e
Selvagem a ação do homem
No abate do boi errante.
Janeiro é o começo da engorda,
O fim das vacas magras e a
Alegria das novilhas prenhas
Que irão se renovar a cada janeiro.
Em janeiro o mugido se fez pranto,
A carne fresca foi ao fogo e nas
Casas humildes a fome foi cada
Vez mais sedenta.
Em janeiro também as flores florescem
Embora a rês se debata no abate.
Janeiro parece com um
Boi morrendo.

Fevereiro é assim:
As formigas inusitadas, de olhos
Arregalados e garras afiadas,
Saem das profundezas para
Destruírem a laranjeira que Nenhuma
laranja vingou Com medo das formigas
(As folhas são tenras e a fome
impiedosa). A laranjeira se despe, fica
esquelética, Irradia tristeza e não mais
faz Sombra para os pássaros azuis e
Verdes e pretos e brancos e ...
Em fevereiro também a agonia Insensata
sai das tocas, O burburinho passa
fechando portas, destroçando corações.
A alegria é vã, passageira e fúnebre.
Em fevereiro eu nasci, às dezoito horas,
No penúltimo dia de um ano bissexto,
Que só acontece a cada quatro anos,
Para viver como laranjeira: perseguido
Pelas formigas da vida, mas brotando.

Março se divide num bem-querer
E malquere esdrúxulo, como as
Estradas, que não dizem a que
vieram (março bate para depois
acariciar).
Em março as estradas da vida são
sinuosas, onduladas e, às vezes, acabam
Na primeira esquina (março engana os
sentidos, e cega os passageiros incautos).
Março parece uma ponte sobre
O céu e, outras vezes, parece um túnel
sob as águas (na verdade março é triste,
mas fala de coisas boas).
Quando março se aproxima as encostas
da cidade tremem com medo, antes que
sejam arrastadas pela chuva arrogante
(conquistá-lo é tão perigoso para o corpo
quanto para a alma, pois dele jamais nos
apartamos).
Em março as rosas são mais vermelhas,
quando vermelhas, mais brancas, quando
brancas ...
Em março as rosas, apesar de disformes,
têm um aroma que toca mais ao coração.

Portal da Associação Atlética Banco do Brasil - AABB Recife
CNPJ: 10.934.610/0001-16

Siga-nos
nas redes sociais.

MAPA DO SITE

ZAITE Tecnologia